Escola ; Fábrica de Marginais

A problemática presente neste ensaio recorre aos objetos de estudo referentes a marginalização dos indivíduos, concorrentes ao modelo de educação presente nas instituições escolares de ensino fundamental, médio e superior no Brasil. A metodologia de pesquisa aqui empregada, advém de observações empíricas e análises bibliográficas.

Ao debruçar sobre inúmeras questões proporcionadas pela investigação relativa a educação brasileira, foi necessário apropriar-se de conhecimentos históricos e sociológicos. Alguns recortes temporais a exemplo da Paidéia na antiguidade clássica ocidental, traços de educação no período colonial, posteriormente uma breve análise nas transformações pedagógicas no período ditatorial, (1964 – 85), facilitam a compreensão da conjuntura político-ideológica da educação na contemporaneidade brasileira.

Para o homem comum, é importante ser respeitado. Para o líder, não basta. Essa qualidade fundamental deve transcender o campo mencionado. O respeito não é sinônimo de lealdade e fidelidade. Saber liderar é ao mesmo tempo ser duro quanto o diamante e mole como a água.

 

 

                                                                                                                                                     Luiz Antonio

MEUS LIVROS

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom